Mulher descobre que espinha em seu seio era câncer de pele

foto1

Há nove anos, Deborah Crofts, de 41 anos, se casou. Na época, ela tinha uma espinha no seu peito direito que, depois, desenvolveu um câncer de pele.

foto2

Segundo o DailyMail, Deborah só desconfiou que havia algo errado um ano depois da sua união, quando percebeu uma mancha nas suas costas

foto3

Ao procurar o especialista, o médico pediu uma biópsia e, então, ela descobriu que estava com carcinoma basocelular — o tipo mais comum de câncer de pele, principalmente causado pela exposição à luz UV foto4

— Fiquei chocada e assustada ao receber o diagnóstico, mas me tranquilizei quando soube que seria possível fazer uma cirurgia para remover o tumor, sem ter que fazer quimioterapia

foto5

Desde quando descobriu a doença, o tumor voltou duas vezes. Hoje, ela é extremamente cautelosa com sua pele: usa filtro solar, chapéu, óculos de sol e procura usar roupas que cubram os ombros foto6

Atualmente, ela está bem, mas monitorando com exames

FONTE: R7

Deixe uma resposta