A grande história do menino que virou uma mulher

139438365508609f196cb0dd535fa026

Como já mostramos nessa e nessa matérias, a identidade sexual (ou gênero) não é barreira para pessoas que nasceram em “corpos errados”, o que cria diversos dilemas sociais e morais que, por sorte, têm ficado cada vez mais brandos com o tempo.

Uma história que vale a pena ser contada é a de Rafael Hilton, um jovem mexicano de Tijuana que sofria de anorexia, sendo extremamente magro e não tendo vida social. Sua banda preferida, Cannibal Holocaust, mostrava que o jovem passava por problemas emocionais, algo refletido em seu cabelo e roupas, popularmente conhecidos como “emo”.

O grande problema escondido, no fundo, era a inadequação sexual ao corpo de homem com o qual nasceu: lutando contra isso, Rafael começou uma jornada de longos 7 anos, que o levaram a ser transformar em Kim Kaoz, que hoje tem mais de 8 mil seguidores no Facebook. Confira aqui as diferenças na mudança, e veja como é mais do que possível um garoto estranho se tornar uma bela mulher:

485-500x500 584 841b535809d4dc8210ddb9068ac00e3e-500x500 1274 2171 3105 485390_241794199291335_1791769340_n-369x500 13817602824_079b77f0cc_z-375x500 a013c70b66a4ee41caf7e5fc704abafc-375x500 e6a44beed651bdc6bc36502e9462c919-375x500 epjnjfek9bmu_pf1 kim_kaoz_blanco timthumb-500x500

Deixe uma resposta